Ano que vem talvez não fale com as mesmas pessoas, não confie nos mesmos amigos, não vá mais aos mesmos lugares que vou hoje. Talvez esteja namorando ou continue solteira, talvez mude de casa, talvez pense em um outro alguém. Todo ano é cheio de mudanças boas e ruins, todo ano você conhece novas pessoas enquanto outras saem de sua vida, todo ano você ganha uma mania diferente, resumindo todo ano você muda independente de querer ou não, você cresce, amadurece, tem outros planos e idéias, continua tendo uma personalidade única, muda por fora também. Tudo muda com o tempo, a vida é cheia de mudanças e querendo ou não temos que aceitá-las, e elas nem sempre vão agradar a todos.
Home Ask About Tumblr Twitter

Postado em 25/01/2012 às 14:22pm | 893 notes | (via | Reblog this


Postado em 25/01/2012 às 14:20pm | 84 notes | (via/Source ) | Reblog this

Eu não vou ir atrás, desculpa. Mas eu não vou fazer isso. 


Postado em 25/01/2012 às 14:18pm | 3605 notes | (via | Reblog this


Postado em 10/01/2012 às 17:28pm | 15225 notes | (via/Source ) | Reblog this
minhavidasemseuamor:

Sem pressa. Sem virgulas. Sem ponto final. Sem brigas. Sem separação. Sem mágoas. Sem dor. Somente amor, por favor.

minhavidasemseuamor:

Sem pressa. Sem virgulas. Sem ponto final. Sem brigas. Sem separação. Sem mágoas. Sem dor. Somente amor, por favor.


Postado em 10/01/2012 às 17:26pm | 1208 notes | (via | Reblog this

                          Pagina de um diário de uma vitima da sociedade.
“Eu to com fome… To me cansando de tudo isso, me cansando de julgamentos atrás de julgamentos. Minha pele está cansada de sofrer com isso, meus olhos estão ardendo de tantas lágrimas. Ninguém notou, eu não como há 4 semanas, eu não sou feliz há quase 2 anos. As meninas da minha escola, são tão lindas, tão magras. Merda, e eu.. Eu sou tão nojenta, tão gorda. Ontem elas ficaram rindo de mim na educação física, riram mais uma vez do meu peso. Minha mãe acha que eu sou feliz, coitada não disseram a ela que nem todo sorriso significa alegria. Eu tento não ligar pra eles, não tento ligar para o que o espelho me mostra, mas eu não consigo,  eu não sou forte. Hoje, ele estava lá. Ah tão lindo, tão perfeito. Ele estava com aquela camisa azul que realça seus olhos, porém com o mesmo tênis surrado, ninguém tem coragem de dizer pra ele que aquele tênis precisa de uma boa limpeza. Mas não me importa, o pé dele é o que menos importa. Seu sorriso tem mais importância, só quem vê sabe o que falo. Ele disse oi pra mim, acho que foi a primeira vez que ele me dirigiu a palavra, e foi tão… tão lindo. Tudo bem, sou idiota, mas foi lindo. Mas do que adianta? Sou gorda, sou feia. Ele namora ela, a mais bonita da escola, e a mais vadia também, coitado ele não percebeu isso ainda…
Quase 6 da manhã, meu estomago está fazendo barulhos, cada dia fico mais fraca, pior. Eu não suporto mais, não suporto me pedirem pra ser perfeita. Onde quer que eu vá, lembro como se fosse ontem, fui comprar roupas e uma vendedora me olhou com pena, todos me olham assim, droga. Odeio ser eu, odeio essa minha vidinha medíocre, em que ninguém se importa com ninguém. Meu quarto, é só nele que consigo ter paz, só nele que eu consigo ser eu ultimamente. As dores físicas me parecem menores que as que vem de dentro. Ah que saudade, que saudade de quando ninguém se importava com o meu peso. Por que eu tive que crescer? Droga, o galo já canta e faz 3 noites que não durmo, Ouvir dizer que quem não come, fica fraco, perde o sono e fica de mau humor, eu estou assim e nenhum resultado ainda apareceu, parece que cada dia que passa estou maior. Minha mãe diz que vai me levar no médico, tenho medo disso, tenho medo de ser internada como aquelas pessoas doentes, eu não sou doente, só quero emagrecer e todo mundo quer isso. Mas se eu estivesse morta… É, se eu estivesse morta nada disso estaria assim, eu não estaria no meio de toda essa dor,  não precisaria de tentar ter força mais, não precisaria mais de me ver no espelho e estaria como todos, apenas nos ossos, apenas na caveira. Não dizem que todos nós somos iguais? Então, se restassem apenas os meus ossos, eu estaria igual a todos. Se eu estivesse morta…” Lucas Rodrigues, LR.

                          Pagina de um diário de uma vitima da sociedade.

Eu to com fome… To me cansando de tudo isso, me cansando de julgamentos atrás de julgamentos. Minha pele está cansada de sofrer com isso, meus olhos estão ardendo de tantas lágrimas. Ninguém notou, eu não como há 4 semanas, eu não sou feliz há quase 2 anos. As meninas da minha escola, são tão lindas, tão magras. Merda, e eu.. Eu sou tão nojenta, tão gorda. Ontem elas ficaram rindo de mim na educação física, riram mais uma vez do meu peso. Minha mãe acha que eu sou feliz, coitada não disseram a ela que nem todo sorriso significa alegria. Eu tento não ligar pra eles, não tento ligar para o que o espelho me mostra, mas eu não consigo,  eu não sou forte. Hoje, ele estava lá. Ah tão lindo, tão perfeito. Ele estava com aquela camisa azul que realça seus olhos, porém com o mesmo tênis surrado, ninguém tem coragem de dizer pra ele que aquele tênis precisa de uma boa limpeza. Mas não me importa, o pé dele é o que menos importa. Seu sorriso tem mais importância, só quem vê sabe o que falo. Ele disse oi pra mim, acho que foi a primeira vez que ele me dirigiu a palavra, e foi tão… tão lindo. Tudo bem, sou idiota, mas foi lindo. Mas do que adianta? Sou gorda, sou feia. Ele namora ela, a mais bonita da escola, e a mais vadia também, coitado ele não percebeu isso ainda…

Quase 6 da manhã, meu estomago está fazendo barulhos, cada dia fico mais fraca, pior. Eu não suporto mais, não suporto me pedirem pra ser perfeita. Onde quer que eu vá, lembro como se fosse ontem, fui comprar roupas e uma vendedora me olhou com pena, todos me olham assim, droga. Odeio ser eu, odeio essa minha vidinha medíocre, em que ninguém se importa com ninguém. Meu quarto, é só nele que consigo ter paz, só nele que eu consigo ser eu ultimamente. As dores físicas me parecem menores que as que vem de dentro. Ah que saudade, que saudade de quando ninguém se importava com o meu peso. Por que eu tive que crescer? Droga, o galo já canta e faz 3 noites que não durmo, Ouvir dizer que quem não come, fica fraco, perde o sono e fica de mau humor, eu estou assim e nenhum resultado ainda apareceu, parece que cada dia que passa estou maior. Minha mãe diz que vai me levar no médico, tenho medo disso, tenho medo de ser internada como aquelas pessoas doentes, eu não sou doente, só quero emagrecer e todo mundo quer isso. Mas se eu estivesse morta… É, se eu estivesse morta nada disso estaria assim, eu não estaria no meio de toda essa dor,  não precisaria de tentar ter força mais, não precisaria mais de me ver no espelho e estaria como todos, apenas nos ossos, apenas na caveira. Não dizem que todos nós somos iguais? Então, se restassem apenas os meus ossos, eu estaria igual a todos. Se eu estivesse morta…” Lucas Rodrigues, LR.


Postado em 10/01/2012 às 17:22pm | 476 notes | (via/Source ) | Reblog this

"– Podemos fazer um trato…
– No que está pensando?
Te deixo ir…
– E se…
– Espere, te deixo ir… mas teu sorriso fica. Esse não… Quero o outro sorriso, o sem malicia. Pode ir, mas esse teu olhar, esse jeito… ele fica.
– E se…
– E essa tua manchinha entre o pescoço e o peito, ninguém toca, ninguém beija, ninguém belisca. Te deixo ir, mas as lembranças… elas ficam. Junto com o sorriso, seus olhares e suas caricias.
– E se…
– E se…?
E se eu não quiser ir?
– Facilitaria…
– É.
– Me faz companhia?
– Por toda a vida." 

calling sunset   (via behappyman)


Postado em 10/01/2012 às 17:18pm | 1220 notes | (via/Source ) | Reblog this


Postado em 10/01/2012 às 17:05pm | 889 notes | (via/Source ) | Reblog this

"

- […] Mas se fizeres isso terás muito!

- Não preciso de muito…

- Tola! Precisas de que então?

- De você… – sussurrou

calling sunset (via teenager-problem)


Postado em 10/01/2012 às 17:05pm | 320 notes | (via | Reblog this

"Amigos sempre serão amigos, no calor, frio, na chuva ou em grandes temporais." 

Evelyn Feliciana (Eterna Nostalgia)


Postado em 10/01/2012 às 17:03pm | 1881 notes | (via/Source ) | Reblog this
1 2 3 4 5 »